CLICK E OUÇA A RÁDIO LUZ DE DEUS

ESTUDO 04 – A VONTADE DE DEUS

                         A vontade de Deus, expressa seu atributo de autodeterminação. “Meu conselho subsistirá, e farei toda Minha vontade” (Is 46:10), “agindo eu, quem impedirá?” (Is 43.13). Embora Deus seja ilimitado e conheça o bem e o mal, suas perfeições asseguram que ele não fará nada incompatível com a sua natureza. Deus é justo, e a sua justiça se revela no evangelho. (Rm 1:17), E nos é revelado pelo Espírito Santo, pois está escrito: “porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo”. (2º Pedro 1.21), “As coisas encobertas pertencem ao SENHOR, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem, a nós e a nossos filhos, para sempre”. (Dt 29.29), Tudo o que está escrito na bíblia seja de forma decretada, preceptiva ou revelada, nos mostra a vontade de Deus, quanto as coisas encobertas, que pertencem ao Senhor, e se for de sua vontade, o Espírito Santo pode nos revelar, falando aos nossos corações, mas sempre em concordância com a sua vontade revelada nas escrituras.

A VONTADE DECRETADA – Refere-se ao que Deus determinou por decreto, criando ou estabelecendo (Gn 1.1) “pela fé entendemos que foi o universo criado pela palavra de Deus” (Hb 11.4), não só a criação, mas também estabelecendo o seu perfeito funcionamento. Na terra, os movimentos de rotação para o dia e noite, e translação para o ano e suas quatro estações, a sementeira e a colheita, o frio e o calor o verão e inverno. (Gn 8:22), e sobre a natureza, as flores e os frutos nas arvores, (Gn 1:11), as aves do céu e os peixes do mar, (Gn 1:26), enfim, tudo foi criado e funciona por decreto de Deus. (Hb 1:3), E também, sobre o homem e a mulher e sua multiplicação e domínio, (Gn 1:28), e o tempo de vida atual. (SL 90:10), Sobre Jesus, as profecias referentes ao nascimento, (Mq 5:2), (Is 9:1-7), e toda sua missão, (Is 11:1-5), até a morte na cruz foi decretada. (Is 52:13-53:12), (At 2:23), E estão decretados todos os sinais da volta de Jesus (Mt 24), e tudo o que deve acontecer no arrebatamento da Igreja, na grande tribulação, no Armagedom, no milênio, no juízo final, na condenação do inferno e na vida eterna nos céus, “coisas que brevemente devem acontecer” (Ap 1:1), pois “a escritura não pode falhar”.(Jo 10.35). Porque é à vontade decretada de Deus.

A VONTADE PRECEPTIVA – Refere-se aos preceitos, que são as leis e os mandamentos , “Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, e todos os dias guardarás os seus preceitos, os seus estatutos, os seus juízos e os seus mandamentos”. (Dt 11:1), e na obediência a sua palavra que somos santificados, porque “Os preceitos do SENHOR são retos e alegram o coração; o mandamento do SENHOR é puro e ilumina os olhos”. (Salmos 19:8), Jesus condenou a religiosidade que ensina preceitos de homens: “E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. Negligenciando o mandamento de Deus, guardais a tradição dos homens. E disse-lhes ainda: Jeitosamente rejeitais o preceito de Deus para guardardes a vossa própria tradição”.(Mc 7:7-9). E condenou a negligencia: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!” (Mt 23:23) Na prática; “não servindo à vista, como para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo, de coração, a vontade de Deus; (Ef 6.6). A VONTADE REVELADA – Referem-se ao desejo de Deus para o seu povo, enfim as bênçãos, nas escrituras, existem mais de oito mil promessas, revelando todo o bem que Ele quer, embora, sejam promessas condicionais aos seus preceitos, em forma de aliança com o homem, e todos que dão ouvidos e obedecem a sua palavra as alcançam. O Senhor Jesus ao revelar a vontade de Deus. (João 6.38), Perdoou os pecadores, curou os enfermos, expulsou os demônios, e muitos outros sinais e maravilhas que se repetem até os dias de hoje pelo poder do Espírito Santo, pela nossa fé e perseverança em oração; “Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa”. (Hb 10:36) E finalmente, “não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”. (Rm 12.2) A vontade de Deus é nos dar a vida eterna. (Jo 6:39,40)

Be the first to comment on "ESTUDO 04 – A VONTADE DE DEUS"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*