O ESPÍRITO SANTO NA IGREJA PRIMITIVA

O Senhor Jesus após a sua ressurreição, ficou quarenta dias com os apóstolos e lhes disse: “Porque João, na verdade, batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias”. (Atos 1:5), E também, antes de ser elevado as alturas, disse: “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra”. (Atos 1:8), Dez dias depois, “Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar, de repente, veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. E apareceram distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem. (Atos 2:4), O Espírito Santo falava através dos apóstolos, expressando as palavras nas línguas dos ouvintes, (Atos 2:5-11), e, o Apóstolo Pedro pregou a profecia de Joel 2:28 dizendo: “E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, e sonharão vossos velhos; até sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e profetizarão”. (Atos 2:17,18), Ouvindo a pregação de Pedro perguntaram: que faremos, irmãos? Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo”. (Atos 2:37,38). E três mil homens aceitaram a fé em Jesus e foram batizados naquele dia em Jerusalém.

 

O Espírito Santo guiou os Apóstolos e assim iniciaram a Igreja do Senhor Jesus, com a pregação da palavra de Deus, e muitos milagres, como a cura de um coxo de nascença. (At 3;2-9), E quando as autoridades perguntaram: “Com que poder ou em nome de quem fizestes isto? Pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: …”em nome de Jesus Cristo”. (At 4:7,8,10), E viviam em oração: “Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus”. (AT 4:31), O Espírito Santo os ungiu com poder para que realizassem milagres em nome de Jesus. “E crescia mais e mais a multidão de crentes, tanto homens como mulheres, agregados ao Senhor, a ponto de levarem os enfermos até pelas ruas e os colocarem sobre leitos e macas, para que, ao passar Pedro, ao menos a sua sombra se projetasse nalguns deles. “Afluía também muita gente das cidades vizinhas a Jerusalém, levando doentes e atormentados de espíritos imundos, e todos eram curados”. (At 5:14-16)

 

E levantou-se grande perseguição dos religiosos do Judaísmo (At 4 e 5), Mas a Igreja era fervorosa em oração e elegeram mais homens cheios do Espírito santo, como Estevão, (At 6.5), E o Sumo Sacerdote mandou Saulo de Tarso prender e matar os apóstolos, (At 8 e 9) mas, Saulo teve um encontro com Jesus e tudo mudou. (At 9:1-18), O Espírito Santo o converteu e o transformou no Apóstolo Paulo para que pudesse levar a luz do evangelho. (At 9:20) E o Espírito Santo realizou muitos milagres e a Igreja cresceu (At 9:31), “E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado”. (At 13.2), dando Deus testemunho juntamente com eles, por sinais, prodígios e vários milagres e por distribuições do Espírito Santo, segundo a sua vontade. (Hb 2:4,) e, afirmou “para que eu seja ministro de Cristo Jesus entre os gentios, no sagrado encargo de anunciar o evangelho de Deus, de modo que a oferta deles seja aceitável, uma vez santificada pelo Espírito Santo”. (Rm 15:16). Então, foram escritos por direção do Espirito Santo, os evangelhos e as cartas apostólicas, que eram lidas pelos Pastores nas Igrejas que eram em casas (Rm 16:5), e eram coordenados por Bispos, (At 20:28), Igrejas sem nome chamados os “seguidores do caminho” e por símbolo tinham o peixe, que em grego é (ICTUS), (Iesus=Jesus, Christos=Cristo, Theos=Deus, Uios=filho, Soter=Salvador), e os que aceitavam a fé eram batizados nas águas por imersão, oravam fervorosamente e os milagres aconteciam diariamente, traziam também as suas ofertas e dízimos (Hb 7:2-9), e louvavam a Deus, foi o início da Igreja evangélica, (Fp 1:27), cheia do Espírito Santo a primeira e verdadeira Igreja do Senhor Jesus.

Be the first to comment on "O ESPÍRITO SANTO NA IGREJA PRIMITIVA"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


%d blogueiros gostam disto: